Fale Conosco

62 3220-9500

Tags:, , ,

Workshop com 200 diretores marca o lançamento do projeto ‘Aprendendo a Lidar com o Dinheiro’

educacao
12 de março de 2020

Em 2020, projeto será ampliado para 100 novas escolas e abrangerá cerca de 8 mil alunos do 9º ano do Ensino Fundamental em toda a rede

Cerca de 200 diretores da rede pública estadual participaram nesta quinta-feira (12/3), em Goiânia, de um workshop do projeto ‘Aprendendo a Lidar com o Dinheiro’. O projeto vem sendo desenvolvido desde o ano passado pela Seduc Goiás em parceria com o Instituto BEI, fundado pela editora Marisa Moreira Salles.

Na rede pública estadual, a iniciativa tem como público alvo alunos das turmas do 9º ano do Ensino Fundamental. No ano passado, 85 unidades escolares participaram do projeto em todo o Estado com um alcance de 7.776 alunos. Em 2020, o projeto foi ampliado e atenderá 100 novas unidades educacionais, com a meta de impactar diretamente a vida de 8 mil estudantes.

Márcia Faleiro, gerente dos Anos Finais do Ensino Fundamental, explica que serão selecionados 100 gestores entre os 200 que estão participando do workshop. O resultado será divulgado no próximo dia 19 de março. “Esses diretores passarão por cinco formações ao longo de 2020, mas, a partir do primeiro encontro, já estarão aptos a começarem a trabalhar os conteúdos com seus alunos”.

Segundo ela, a primeira capacitação está agendada para o dia 30 de março em Goiânia e os demais encontros formativos serão realizados nos meses de abril, junho, agosto, outubro e novembro.

Avaliação de impacto

A seleção dos gestores será feita por meio de sorteio. Daniele Paz, Diretora Executiva do Instituto BEI, afirma que este ano será realizada uma avaliação de impacto na rede pública estadual. “Teremos um grupo de controle, que será formado pelos 100 diretores que ficaram de fora da formação. No segundo semestre, faremos um comparativo do ensino da Matemática entre as escolas que participaram do projeto e aquelas que não participaram”.

Daniele Paz comenta também que um dos focos do ‘Aprendendo a Lidar com o Dinheiro’ é ensinar aos alunos o significado prático da Matemática no cotidiano, fazendo com que esses estudantes aprendam a administrar melhor as finanças e o orçamento da família e sua própria vida financeira no futuro.

O projeto garante a distribuição de material didático aos alunos e a formação para os professores. De acordo com, Daniele Paz, um dos propósitos da iniciativa é mostrar aos alunos o quanto a Matemática é importante no dia a dia, em casa, na escola e na sociedade.

Compromisso

Giselle Faria, superintendente de Educação Infantil e Ensino Fundamental, ressaltou que a alfabetização financeira dos jovens contribui para melhorar a compreensão e o aprendizado da disciplina e os estimula a fazer o bom uso do dinheiro.

“No ano passado percebemos que as atividades propostas pelo projeto ajudaram a diminuir a resistência e o preconceito dos estudantes em relação à Matemática, além de estimular o protagonismo, o empreendedorismo e a autonomia desses alunos”.

Satisfeita com os bons resultados do projeto em seu primeiro ano de implantação, a secretária Fátima Gavioli fez questão de destacar que a parceria com o Instituto BEI vai ao encontro de um dos compromissos firmados pelo governador Ronaldo Caiado com a população goiana, que era melhorar a qualidade do ensino de disciplinas básicas como a Matemática e a Língua Portuguesa nas escolas da rede pública estadual, de forma a garantir realmente a aprendizagem.

“Esse compromisso foi o que nos motivou ainda mais a trabalhar com esse foco na nova matriz curricular de Goiás”, frisou. Conforme a secretária, o novo documento prevê a ampliação da carga horária para a duas disciplinas em todas as escolas da rede estadual em 2020, atendendo também o que determina a BNCC (Base Nacional Comum Curricular).

Instituto BEI

Fundado por Marisa Moreira Salles, o instituto foi constituído com o propósito de contribuir para o desenvolvimento da educação básica de estudantes das redes públicas do país, desenvolveu um programa de ensino-aprendizagem com foco na melhoria da qualidade de Educação Financeira dos jovens brasileiros.