Fale Conosco

62 3220-9500

Seduc seleciona bolsistas para atuarem em programa de Alfabetização

educacao
7 de outubro de 2021
Novo Ensino Médio: documento curricular é aprovado no Conselho Estadual de Educação

Podem se inscrever servidores da Seduc efetivos, comissionados e contratados temporariamente e que tenham formação em Pedagogia ou áreas afins. Inscrições podem ser feitas a partir desta segunda-feira (4/10)

Atualizado em 7/10 (o edital foi corrigido; a versão anterior informava data incorreta de inscrição em um de seus subitens)

A Secretaria de Estado da Educação de Goiás (Seduc) publica, nesta segunda-feira (4/10), edital de seleção simplificada de bolsistas para atuarem no Programa em Regime de Colaboração Pela Criança Alfabetizada em Goiás – AlfaMais Goiás. Ao todo, serão disponibilizadas 131 bolsas de apoio técnico para a composição das equipes estadual e regional do programa.

Clique aqui para acessar o edital

Sancionado em agosto desse ano, o AlfaMais Goiás visa garantir a Alfabetização, na idade certa, de todas as crianças do território goiano, além de reduzir os índices de alfabetização incompleta e de letramento insuficiente entre as crianças matriculadas nas redes públicas de ensino. Para garantir que esse objetivo seja alcançado Estado e municípios trabalharão juntos, em regime de colaboração.

Os bolsistas selecionados para comporem as equipes estaduais e regionais do programa atuarão na implementação, desenvolvimento e execução das atividades em todo o Estado. Cada bolsista atuará de acordo com as atribuições da modalidade de bolsa para a qual foi selecionado, contribuindo para a articulação entre a Seduc, os municípios e as escolas.

“Essas equipes serão um suporte técnico pedagógico para que os municípios entendam e compreendam que essas ações precisam chegar até à sala de aula”, explica a gerente de Educação Infantil e Ensino Fundamental da Seduc, Carla Bernardes. “A equipe estadual vai fazer um trabalho de articulação, de mobilização e, principalmente, de formação dos atores que estão diretamente vinculados às escolas, dentro da perspectiva da Educação infantil e da alfabetização E a regional é a que vai fazer esse elo com os municípios”. 

Seleção
Poderão se inscrever na seleção servidores efetivos, em comissão ou contratos temporários lotados na Seduc ou na Secretaria Municipal de Educação de um dos 246 municípios goianos, que tenham formação superior em Licenciatura em Pedagogia ou áreas afins. Além disso, cada uma das 11 modalidades de bolsas de apoio técnico pedagógico possui exigências específicas de acordo com o perfil profissional requisitado.

No nível estadual, serão concedidas: uma bolsa para coordenador estadual no valor de R$ 2 mil, uma bolsa para especialista em Educação Infantil no valor de R$ 1.800, 00, uma bolsa para especialista em Alfabetização no valor de R$ 1.800,00; quatro bolsas para professor formador em Educação Infantil no valor de R$ 1.200,00; e quatro bolsas para professor formador em Alfabetização no valor de R$ 1.200,00.

Já no nível regional, serão disponibilizadas três bolsas para cada Coordenação Regional de Educação (CRE), sendo, no total, 40 bolsas para articulador regional no valor de R$ 1 mil, 40 bolsas para formador em Educação Infantil no valor de R$ 600,00; e 40 bolsas para formador em Alfabetização no valor de R$ 600,00.

Os interessados em concorrer a uma das 131 bolsas deverão se inscrever, de forma presencial, entre os dias 4 e 11 de outubro. No ato da inscrição, o candidato deverá apresentar os documentos comprobatórios de vínculo com a Seduc ou com uma Secretaria Municipal de Educação, o currículo e o plano de trabalho individual.

As inscrições para as modalidades de âmbito estadual serão realizadas na sede da Secretaria de Estado da Educação, na sala da Gerência de Educação Infantil e Ensino Fundamental/Anos Iniciais.

Já as inscrições para as modalidades de âmbito regional serão feitas na sede da Coordenação Regional de Educação na qual irá concorrer à bolsa.  

A seleção dos candidatos será realizada em quatro etapas classificatórias, incluindo análise de currículo, análise do plano de trabalho proposto, entrevista e dinâmicas de grupo. O resultado será divulgado no dia 20 de outubro, no site da Seduc.