Fale Conosco

62 3220-9500

Tags:,

Seduc divulga lista de selecionados para o curso ‘Ensino Híbrido – Inovação no Ensino e Aprendizagem’

educacao
8 de junho de 2021

Com a grande procura pelo curso, a intenção para essa etapa será priorizar a formação de gestores e coordenadores pedagógicos e, na próxima, ampliar para os outros profissionais da Educação

A Secretaria de Estado da Educação de Goiás (Seduc), por meio do Centro de Estudos, Pesquisa e Formação dos Profissionais da Educação (Cepfor), divulga, hoje (8/6), a lista de inscrições deferidas para o curso ‘Ensino Híbrido – Inovação de Ensino e Aprendizagem.’

O curso, terá início no próximo dia 11 de junho, para uma primeira turma de 500 cursistas. Os demais inscritos, assim como os profissionais da Educação que não puderam se inscrever desta vez, serão contemplados em edições subsequentes no segundo semestre de 2021.
Nesta primeira turma, o curso será ofertado para gestores e coordenadores pedagógicos.

Acesse a lista de inscrições deferidas

O objetivo principal da Seduc é oportunizar a apropriação de conhecimentos relativos a práticas pedagógicas mais inovadoras, baseadas no ensino híbrido, a fim de possibilitar novas estratégias para os processos de ensino e aprendizagem, buscando melhorar o desempenho dos estudantes da rede pública estadual de ensino.
“Entendemos que primeiro precisamos formar o gestor e coordenador para que eles possam compreender a proposta e os conceitos do ensino híbrido e, em momentos oportunos, poder auxiliar os professores”, explica a gerente de Aprimoramento Técnico e Gerencial do Cepfor, Kézia Cruz.

Logo no início foram recebidas mais de 800 inscrições e o processo foi encerrado com 2.680 inscritos. Visto que a procura pelo curso foi grande, a Seduc tem a intenção de contemplar todos os profissionais da Educação interessados no curso.

Os participantes deverão conferir a lista de inscrições deferidas e acessar a plataforma do curso utilizando os dados que estão no edital. É importante ressaltar que o curso será on-line e o cursista poderá realizar as atividades no formato assíncrono, em dias e horários mais oportunos, desde que durante o período de duração do curso.