Diferenças salariais seguem sendo pagas à Educação estadual

Ação do Governo de Goiás, iniciada ainda em 2019, já soma R$ 130 milhões

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc/GO), paga, agora no mês de outubro, mais uma centena de processos referentes a diferenças salariais pleiteadas por servidores da Educação pública estadual. Desta vez, serão quitados 103 processos, de 120 servidores, envolvendo recursos no valor total de R$ 443,8 mil.

O pagamento de diferenças salariais, devidas há décadas a servidores e ex-servidores da Seduc/GO, foi iniciado em 2019, quitando mais de 37 mil processos, no montante de R$ 130 milhões.

Recursos depositados

Com recursos do Tesouro do Estado no valor de R$ 443.864,04, o pagamento a ser efetuado, neste lote em outubro, beneficiará 120 servidores da Educação. Os recursos são depositados na conta bancária na qual o servidor recebe o salário e, nos casos de ex-servidores, os créditos são feitos na conta corrente indicada no processo.

As diferenças salariais decorrem de pagamentos não feitos à época correta ou feitos a menor. Os processos de recebimento são autuados pelos interessados, analisados, apurados e após os cálculos ficam a serem quitados. O pagamento desses processos vem sendo feito pelo Governo de Goiás de forma escalonada, dando fim a processos abertos de 1990 até 2023.

Goiânia, 20 de outubro de 2023.

Comunicação Setorial da Seduc/GO

 

 

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de Cookies , ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de Cookies , ao continuar navegando, você concorda com estas condições.