Fale Conosco

62 3220-9500

Tags:, , , ,

Reunião debate implantação de software de gerenciamento de rotas do Transporte Escolar em Goiás

educacao
7 de outubro de 2021
transporte escolar

Transporte escolar é tema de reunião para mudar medição e melhorar atendimento aos estudantes

 
A secretária de Estado da Educação de Goiás, Fátima Gavioli, recebeu, na manhã desta quarta-feira (6/10), uma equipe da Escola de Engenharia da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) para debater a implementação do sistema de gerenciamento de rotas do Transporte Escolar em todo o estado.

Denominado “Transcolar Rural”, o software de geoprocessamento on-line havia sido apresentado em 2019 e, desde então, está em fase de adaptação e implementação. A intenção é que, por meio do convênio com a UFMG, seja possível determinar um conjunto de rotas otimizadas para o Transporte Escolar e os respectivos custos de transporte de cada estudante.

Durante a reunião de hoje, Fátima Gavioli ressaltou que o intuito do uso do software é garantir a transparência e a imparcialidade na destinação dos valores do Transporte Escolar. Em Goiás, o serviço é feito em parceria com 236 prefeituras. Conforme o definido na Lei Estadual nº14.556/03 e Decreto nº 5.902/04, cabe ao Estado o repasse anual de 10 parcelas, calculados de acordo com o número de estudantes atendidos.

“Para mim a palavra é se comprometer. É entender que eu tenho estudantes lá (nas áreas rurais do estado) e que eles têm que ser transportados”, afirmou a secretária.

Com o software vai ser possível é corrigir incongruências que existem na hora do repasses dentro do regime de colaboração. Os municípios terão ganho no atendimento e com isso poderão investir mais na qualidade desse transporte e na melhoria do serviço prestado. Dentro do estudo rotas maiores serão tratadas de maneira diferente o que é um anseio e um pedido histórico dos prefeitos goianos.

De acordo com o professor Nilson Tadeu Ramos Nunes, coordenador geral do software, o uso da ferramenta permitirá o controle do trabalho feito nos municípios, otimizando as rotas e corrigindo deslocamentos desnecessários. Para que isso seja possível, o sistema utilizará os dados fornecidos pelas prefeituras e pela própria Superintendência de Gestão Administrativa da Seduc.

Após implementado, o “Transcolar Rural” fornecerá informações sobre as viagens, as rotas, os estudantes beneficiados e os custos de cada viagem.

Participantes
Além da secretária da Educação, Fátima Gavioli, participaram da reunião os professores da UFMG, Nilson Tadeu Ramos Nunes e Marcelo Franco Porto; o Superintendente de Gestão Administrativa da Seduc, Leonardo de Lima Santos; o chefe da Procuradoria Setorial, Oberdan Humberton Rodrigues Valle; e equipes da Gerência de Transporte Escolar, Logística e Serviços da Seduc.