No Mutirão do Governo de Goiás, Secretaria de Educação disponibilizou diversos serviços à comunidade

No Mutirão do Governo de Goiás, Secretaria de Educação disponibilizou diversos serviços à comunidade

 

Além de apresentar ao público os diferentes recursos das novas salas de Atendimento Educacional Especializado (AEE), Seduc Goiás atendeu centenas de estudantes com a realização das inscrições ao Enem 2022

 

Na edição mais recente do Mutirão do Governo de Goiás, realizada neste sábado e domingo (14 e 15/05), no Conjunto Vera Cruz II, em Goiânia, a Secretaria de Educação do Estado (Seduc) apresentou à população todos os recursos pedagógicos e equipamentos disponíveis para o Atendimento Educacional Especializado (AEE) aos alunos nas novas Salas de Recursos Multifuncionais (SRM).  

Ao todo, a rede pública estadual conta atualmente com 316 salas padronizadas, equipadas com o que há de mais moderno em mobiliário, materiais pedagógicos, produtos de tecnologia assistiva e demais itens para atender os estudantes com algum tipo de deficiência, altas habilidades/superdotação e transtornos globais do desenvolvimento/Transtorno do Espectro do Autismo (TEA).

O valor total do investimento feito pelo Governo de Goiás na montagem das 316 SRMs foi de mais de R$ 10,1 milhões, com cada uma recebendo R$ 32 mil para realizar as mudanças. “Essas novas salas ampliaram os serviços de apoio ao público da Educação Especial e vieram para minimizar as dificuldades no processo de aprendizagem, bem como subsidiar nossos professores em metodologias e recursos didáticos a serem utilizados em seus planejamentos”, explicou a secretária de Educação, Fátima Gavioli.

 

Avanços no ensino especial

As novas salas de AEE realizam o atendimento aos alunos no contraturno e, dessa forma, contribuem para promover o desenvolvimento de habilidades e competências que, dentro da sala de aula regular, não seria possível em função dos comprometimentos específicos de cada estudante.

A secretária Fátima Gavioli destaca que hoje, independente do diagnóstico médico, a rede pública estadual de Goiás está preparada para receber todos os alunos da educação especial. No sábado, durante o mutirão, o estande da Seduc Goiás recebeu a visita de alguns estudantes atendidos nas novas Salas de AEE.  

Um deles foi Bruno Raphael Fernandes Lopes, estudante do 6º ano do Ensino Fundamental no Colégio Estadual Solon Amaral. Deficiente visual, ele foi um dos beneficiados pelo Governo de Goiás com a doação do dispositivo de visão artificial (OrCam MyEye). O equipamento é considerado o que há de mais moderno em tecnologia assistiva no momento.

 

Enem 2022

Nos dois dias do mutirão, o estande da Seduc Goiás também disponibilizou aos estudantes a oportunidade de fazer as inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio. Há quatro anos sem estudar, Paulo Sony Leal, de 32 anos, elogiou a iniciativa. Ele foi buscar informação e já saiu inscrito no Enem 2022.

Segundo ele, a população está muito carente com esse tipo de atenção. “É muito bom chegar aqui, ser atendido tão rapidamente e já sair com uma solução”, ressaltou ele, que mora próximo ao Setor Vera Cruz II.

Iane Souza Conceição tem a mesma opinião que Paulo. Ela procurou o estande para fazer a inscrição do filho, Warlexson Souza Silva, de 16 anos. Aluno do 2º ano do Ensino Médio no Colégio Estadual Edmundo Rocha, o jovem pretende fazer a avaliação para ganhar experiência. “Achei o atendimento excelente e vocês estão de parabéns por essa iniciativa”, frisou Iane.

 

Bolsa Estudo

Em entrevista à imprensa no domingo, a secretária Fátima Gavioli fez questão de ressaltar sua preocupação com a pouca procura dos estudantes pelo programa Bolsa Estudo. Segundo ela, a quantidade de cartões que está sendo devolvida pelas escolas e Coordenações Regionais tem sido muito grande.

“Esses R$ 100 mensais que o governo estadual está destinando aos estudantes do Ensino Médio é uma forma de incentivar o aluno a permanecer na escola e se dedicar aos estudos. O dinheiro está na conta, mas não está sendo utilizado”, comentou ela.

Lançado em dezembro do ano passado, o programa Bolsa Estudo tem a meta de atender cerca de 218 mil alunos em todo o Estado. No decorrer de 2022 serão disponibilizadas dez parcelas, sendo uma a cada mês. O valor só não será depositado nos meses em que os estudantes estão de férias.

 

Informações gerais

No estande da Seduc Goiás também foi possível esclarecer dúvidas e buscar informações sobre matrículas; Educação de Jovens e Adultos (EJA), programa Alfabetização e Família, entrega de kits de materiais escolares, uniformes, mochilas e tênis; como utilizar o cartão do Bolsa Estudo, como e onde solicitar Histórico escolar de escolas extintas, entre outros serviços.

 

Utilizamos cookies essenciais e tecnologicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.