Programa GoiásTec oferece plantão de dúvidas e reforço escolar aos estudantes

Iniciativa já foi implementada nas regionais de Itaberaí, Santa Helena de Goiás e Campos Belos

Estudantes matriculados no programa GoiásTec – Ensino Médio ao Alcance de Todos estão tendo aulas de reforço e plantão de dúvidas no contraturno escolar. A novidade já foi implementada nas regionais de Educação de Itaberaí, Santa Helena de Goiás e Campos Belos e tem contribuído com o desempenho escolar dos jovens.

Todo o trabalho é feito com base no material disponibilizado pelos professores de estúdio, que disponibilizam na plataforma do Google Classroom uma série de atividades a serem desenvolvidas pelos estudantes que estejam apresentando dificuldades. Ao terem acesso a esse material, o professor mediador desenvolve propostas conforme o observado em sala de aula.

De acordo com Daniela Mesquita, coordenadora e professora da área de Linguagens do GoiásTec, a equipe do estúdio fica à disposição para sanar as dúvidas dos estudantes durante as aulas. No entanto, o reforço escolar possibilita que os alunos tirem suas dúvidas de forma individualizada, sob o acompanhamento do professor mediador.

“A iniciativa do projeto Goiás Tec vem alcançando muito sucesso, pois os próprios estudantes e seus pais já observam a melhoria no processo de desenvolvimento das habilidades esperadas, assim como os gestores e coordenadores pedagógicos das unidades escolares que vêm estendendo essa ação para todas as outras turmas”, afirma Daniela.

Keila de Paula, professora mediadora no Colégio Estudual Ary Ribeiro Valadão Filho, de Acreúna explica que a iniciativa tem atuado especialmente em déficits específicos dos estudantes.

“Buscamos reforçar aquele ponto específico que o estudante não está conseguindo desenvolver. Na maioria dos casos, estão deficientes nos conteúdos básicos que deveriam já ter sido alcançado, em anos anteriores. Nesse bimestre, os ‘meus’ estudantes apresentaram maior dificuldade na área de Ciências da Natureza e suas Tecnologias, e já planejamos ações pontuais, mesmo continuando com nosso projeto de redação e reforço de matemática”, comenta a professora.

Resultados

A professora Neísa Araújo, do Colégio Estadual Irany Nunes do Prado, de Monte Alegre de Goiás, comenta que, após ter iniciado a ação, percebeu o despertar de sua turma para a leitura. “Agora estou tentando fazer com que eles consigam desenvolver a argumentação e ter coerência na produção escrita. Sabemos que não é fácil, mas na medida que vão superando as dificuldades, eles mesmos (estudantes) se sentem mais interessados”.

Outra regional que já colhe, há algum tempo, os frutos das ações do contraturno é a de Santa Helena de Goiás. Os mediadores enaltecem que os estudantes já conseguem desenvolver habilidades de leitura, interpretação e produção escrita, bem como de matemática básica, requisitos que auxiliam no desenvolvimento de habilidades de todas as áreas.

“O que percebi até o momento é que as aulas de reforço com estudantes no contraturno têm apresentado resposta bem positiva, pois ainda temos alguns deles que não conseguem produzir sozinhos. Assim, de forma individualizada, estou começando a fazer com eles, por exemplo, a estrutura da produção escrita, parte a parte”, comenta a professora mediadora Nayna Suzy Vieira.

Na regional de Itaberaí, a professora Luzia Xavier desenvolveu momentos com os estudantes no período do noturno, já que grande parte de sua turma trabalha durante o dia. “A parceria entre professores de estúdio e mediadores só traz benefícios para os estudantes que tanto lutam para estudar, apesar das dificuldades e limitações vivenciais, no dia a dia!”, reforça Luzia.

Plantão de dúvidas

Outra ferramenta utilizada pelos envolvidos nas aulas do GoiásTec é o plantão de dúvidas.

No plantão de dúvidas, os professores de estúdio utilizam canais digitais para atender os professores mediadores e estudantes. Chats, Google Classroom, WhatsApp e Instagram estão entre as ferramentas utilizadas para esse diálogo e tem contribuído para um melhor uso da tecnologia em sala de aula.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.