Professores participam de oficina sobre Educação Financeira

Docentes recebem capacitação para orientar trabalhos de alunos que utilizam a Matemática para desenvolver projetos pessoais e coletivos

 

A Secretaria de Educação, Cultura e Esporte de Goiás (Seduce) realiza, nesta segunda e terça-feira, dias 7 e 8 de agosto, em Goiânia, a segunda oficina do projeto Aprendendo a Lidar com Dinheiro. A iniciativa visa otimizar o aprendizado de Matemática utilizando conceitos de finanças pessoais.

O projeto é realizado por meio de uma parceria com a editora BEĨ, que desenvolveu o material didático e a metodologia do projeto. Estão envolvidos 25 professores de 18 escolas, sendo oito da capital e 10 de Aparecida de Goiânia.

A coordenadora do projeto, Armênia Kolandjian, afirma que o trabalho já tem dado resultados. “Os professores nos contaram que os alunos despertaram um novo olhar, mais empolgado com o aprendizado da disciplina. Até aqueles que não simpatizavam com a matéria já entraram no contexto, e alguns já iniciaram projetos”, conta Armênia.

Nos projetos, os alunos são desafiados a trabalhar com conceitos como: gráficos, regra de três simples e composta, juros e porcentagem. “A gente acredita que é um bom caminho porque nós estamos trazendo a Matemática para o dia a dia deles. Então, já tem alguns alunos com projetos pessoais ou coletivos”, acrescenta a professora da rede estadual em Goiânia, Ivone Rodrigues Miranda Justino.

A professora orienta, junto com o colega Marcelo Louzada, um projeto coletivo em que os estudantes estipularam a meta de viabilizar, com recursos próprios, uma viagem para um Resort em Rio Quente. “No começo eles pensaram que era um sonho, mas quando nós mostramos que era possível, com a educação financeira, atingir o objetivo, eles ficaram muito felizes”, relata Louzada.

Etapa

A primeira oficina foi realizada em maio deste ano com o mesmo grupo de professores. Dentro do projeto ainda estão previstas outras oficinas e a apresentação, no final do ano, dos principais projetos coletivos desenvolvidos pelos alunos.

O público alvo da iniciativa são estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental e 1ª série do Ensino Médio. A expectativa da Seduce é que a metodologia contribua para o aprendizado dos estudantes.

Goiânia, 7 de agosto de 2017.

Comunicação Setorial da Seduce


Utilizamos cookies essenciais e tecnologicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.