Fale Conosco

62 32016727

Tags:, , ,

Ideb 2019 – Educação em Goiás atinge meta em todas as etapas de ensino

educacao
15 de setembro de 2020

Resultados foram divulgados na manhã desta terça-feira, (15/09), pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep)

Resultados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) mostram que Goiás atingiu as metas projetadas tanto para o Ensino Fundamental, quanto para o Ensino Médio. A divulgação dos dados foi feita na manhã desta terça-feira, (15/09), durante uma coletiva de imprensa em Brasília.

Com crescimento na taxa de aprovação e na proficiência de Língua Portuguesa e Matemática, Goiás foi o único estado a atingir a meta individual para o Ensino Médio: 4,8. O valor representa um avanço de 0,5 ponto se comparado ao resultado de 2017. Nos anos iniciais do Ensino Fundamental, Goiás também apresentou uma evolução, saltando de 6,1 em 2017, para 6,2 em 2019. Já nos anos finais, o índice se manteve em 5,3.

Histórico
O Ideb foi criado em 2007 e reúne dois parâmetros importantes para a qualidade da educação: o fluxo escolar e as médias de desempenho nas avaliações (proficiência) de Língua Portuguesa e Matemática. O índice, que varia de 0 a 10, é calculado para cada escola, município, estado e região a partir dos dados sobre aprovação escolar, obtidos no Censo Escolar, e das médias de desempenho no Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb).

Há a definição de uma meta nacional para o Ideb em 6,0, que deve ser atingida até 2022. A expectativa é que, até esse ano, o país atinja o nível de qualidade educacional, em termos de rendimento e proficiência, dos países membros da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Desde 2005, Goiás tem visto o índice dos ensinos Fundamental e Médio evoluírem conforme a projeção do Inep. Em 2017, a média da rede estadual de Educação para os anos do Ensino Fundamental I estava acima da média prevista, com a nota de 6,6. Neste mesmo ano, Goiás ocupava o primeiro lugar em proficiência em Língua Portuguesa e Matemática nas etapas de Ensino Fundamental I e II e o terceiro lugar no Ensino Médio no país.

Para 2019, as metas projetadas pelo Inep eram: 6,0 (Ensino Fundamental I); 5,3 (Ensino Fundamental II) e 4,8 (Ensino Médio).

Resultados nas escolas
De acordo com a superintendente de Ensino Médio da Secretaria de Estado da Educação de Goiás (Seduc), Osvany Gundim, os resultados do Ideb “são dados que fomentam e conduzem a construção de políticas públicas direcionadas ao avanço da qualidade da Educação Básica”. A partir dos resultados individuais de cada escola, as unidades escolares podem desenvolver ações focais, com vistas à melhoria da aprendizagem, elevando a proficiência em Língua Portuguesa e em Matemática.

A Seduc vem desenvolvendo projetos específicos voltados ao processo de ensino-aprendizagem, com o propósito de promover um ambiente escolar significativo e interessante para o estudante, evitando o abandono/evasão e proporcionando melhorias nas condições de aprendizagem, elevando, assim, a proficiência em todos os componentes curriculares.

Além disso, as superintendências de Educação Infantil e Ensino Fundamental e de Ensino Médio têm feito o acompanhamento sistemático junto às coordenações Regionais de Educação (CREs), no sentido de subsidiar o trabalho pedagógico desenvolvido pelas unidades escolares, por meio de suas equipes e coordenações pedagógicas, orientando sobre as ações implementadas e na análise dos resultados.