Fale Conosco

62 3220-9500

Tags:, ,

Governo de Goiás realiza formação com novas escolas de tempo integral da rede estadual

educacao
29 de junho de 2021
Formação para novas escolas de tempo integral

A Secretaria de Estado de Educação de Goiás (Seduc) realizou, nesta segunda-feira (28/6), uma formação para coordenadores regionais e os gestores dos novas escolas de tempo integral da rede pública estadual de ensino, chamadas Centros de Ensino em Período Integral (Cepi). No Cepi Professora Olga Mansur, em Goiânia, cerca de vinte profissionais participaram da capacitação.
 
No segundo semestre, 13 unidades escolares de tempo parcial serão transformadas em escolas de tempo integral, totalizando 164 Cepis em Goiás. Os diretores dessas escolas e os coordenadores das regionais às quais os novos Cepis são jurisdicionados participaram da formação para conhecerem melhor as metodologias desse modelo de ensino, tirarem dúvidas e receberem instruções sobre o retorno parcial às aulas presenciais em agosto.
 
Dentre as metodologias do ensino em tempo integral, a superintendente de Educação Integral da Seduc, Márcia Rocha, destacou o acolhimento, que começa na recepção dos estudantes e pais no portão da escola e vai até a apresentação do projeto pedagógico do Cepi.  “Acolher significa planejar, receber as pessoas”, afirmou Márcia.

Aferição de temperatura na entrada do Cepi Castello Branco de Goiânia
Recepção de estudante com aferição de temperatura no Cepi Castello Branco de Goiânia

A superintendente também falou dos ambientes de aprendizagem e da sua importância para a escola de tempo integral. Segundo a superintendente, esses ambientes não são espaços físicos delimitados, porque eles podem ser utilizados para diferentes finalidades. O foco não é o espaço em si, mas os materiais disponíveis em sala e a possibilidade de criação.
 
“Não preciso ter um laboratório de cada disciplina. Eu posso ter um laboratório que tenha Física, Matemática, Química, Robótica e ainda um espaço informatizado. Nossos meninos não estão interessados em uma sala de informática, eles estão interessados em poder construir alguma coisa”, afirmou a superintendente da Seduc.

Em relação à tutoria, Márcia Rocha orientou que todos os estudantes dos novos Cepis devem ter um tutor até o final de agosto. O tutor, que pode ser um professor, diretor ou coordenador pedagógico escolhido pelo aluno, é responsável por acompanhar o estudante em sua rotina de estudos e no desenvolvimento de seu projeto de vida.
 
Durante a formação, a equipe da Seduc também falou sobre protagonismo juvenil, projeto de vida, alimentação escolar, regime híbrido e logística do retorno parcial às aulas presenciais em agosto.

Estudantes em sala de projeto de vida de escola de tempo integral de Goiás
Estudantes em sala de Projeto de Vida de uma escola de tempo integral de Goiás

Plano Estadual de Educação
Essa ação atende as metas 03 e 17 do Plano Estadual de Educação (PEE)