Fale Conosco

62 3220-9500

Tags:, , , ,

Governo de Goiás paga oitava parcela do transporte escolar

cidadania
16 de novembro de 2020
transporte escolar

Montante de R$ 10.264.196,00 foi repassado às prefeituras nesta segunda-feira (16/11)

Duas vezes a cada semana, alunos de unidades escolares vinculadas à Coordenação Regional de Educação (CRE) de Goiatuba aguardam os veículos do transporte escolar para receberem e enviarem suas atividades escolares. Em sua maioria, são alunos da zona rural e sem acesso à internet e que, sem o auxílio do transporte escolar, não teriam a possibilidade de dar continuidade ao ano letivo de 2020.

Desde o mês de março, com a suspensão das aulas presenciais na rede estadual de Educação em razão da pandemia de Covid-19, o transporte de estudantes foi paralisado e os veículos que ofereciam o serviço passaram a ter uma nova utilidade. Assim como na regional de Goiatuba, outros estudantes de zonas de difícil acesso e com baixa conectividade passaram a receber os materiais pedagógicos por meio do transporte escolar.

Em Goiás, o serviço de transporte escolar atende alunos de escolas públicas estaduais e municipais de áreas rurais do estado e é feito em parceria com 236 prefeituras. Conforme o definido na Lei Estadual nº14.556/03 e Decreto nº 5.902/04, cabe ao Estado o repasse anual de 10 parcelas, calculados de acordo com o número de estudantes atendidos.

 Nesta segunda-feira (16/11), o Governo de Goiás pagou a oitava parcela, referente ao mês de outubro, no valor de R$ 10.264.196,00.  O repasse em dia evidencia a preocupação com a continuidade do serviço, que tem permitido o acesso dos estudantes goianos à Educação durante a pandemia.

Kits de alimentação escolar

Além da entrega de materiais impressos, os veículos têm auxiliado os gestores escolares na distribuição dos kits de alimentação escolar.

O benefício, estabelecido pelo Governo de Goiás para garantir a segurança nutricional dos alunos da rede estadual durante a pandemia, está sendo entregue nas escolas desde o início do mês de setembro. No entanto, em razão do difícil acesso e da falta de conectividade de algumas famílias, os profissionais têm optado por realizar a entrega por meio do transporte escolar.

O Colégio Estadual Santa Rita de Cássia, em Pontalina, e a Escola Estadual Delcides Ferreira de Morais, em Caldas Novas, estão entre as unidades escolares que utilizaram os veículos para a distribuição dos kits de alimentos aos alunos da zona rural. A intenção é garantir que todos os estudantes matriculados na rede estadual recebam o auxílio alimentar durante o regime de aulas não presenciais.

Plano Estadual de Educação

Esta ação atende a meta 21 do Plano Estadual de Educação.