Fale Conosco

62 32016727

Tags:, , ,

Governador vai inaugurar reconstrução de escola em Rio Verde dia 27 de agosto

cidadania
4 de agosto de 2020

O governador Ronaldo Caiado esteve em Rio Verde, no Sudoeste goiano, na manhã desta segunda-feira (3\8), em visita às obras da Escola Estadual Cunha Bastos, na região central da cidade.

Na ocasião, o governador marcou para 27 de agosto próximo a data de inauguração da unidade escolar que foi totalmente demolida há mais de 10 anos por problemas em sua estrutura física, e, desde 2009, teve seus serviços de reconstrução abandonados pela gestão anterior.

Caiado foi recebido na escola pela equipe da Coordenação Regional de Rio Verde, diretoria e alunos, que ouviram as palavras do governador em agradecimento ao esforço de todos por devolver ao município um de seus principais patrimônios.

“Estamos muito felizes, eu e a secretária Fátima Gavioli, em poder reconstruir um sonho da comunidade escolar local, que tem no Cunha Bastos um de seus ícones”, destacou o governador.

A coordenadora regional de Educação de Rio Verde, Karen Proto, se emocionou ao agradecer ao governador a conclusão da obra. “O senhor e a professora Fátima são grandes parceiros da educação em nosso município, que está prestes a reinaugurar o Cunha Bastos e inaugurar outras várias obras em nossa área”, comentou ela.

Foi quando Caiado enalteceu a emoção da coordenadora. “Vejo sonhos e brilho nos seus olhos em oferecer uma educação de qualidade para nossos alunos. Então é para isso que estamos juntos nesta jornada”, afirmou o governador.

A diretora da escola, Rizzia Fernandes, lembrou que a reconstrução do prédio vai permitir que a unidade escolar se transforme em Centro de Ensino em Período Integral (Cepi) e ofertará cerca de 200 vagas para alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental. “Essa obra representa muito para nós, pois a escola funcionava em prédio locado, distante das casas de grande parte de nossos alunos”.

Essa é a situação do estudante Gustavo Rodrigues,14 anos, que levava cerca de meia hora para chegar ao Cunha Bastos de carro. “Nos tiraram nossa escola e esse novo governo está nos devolvendo. Isso representa uma renovação de nossa vontade em estudar, porque é um privilégio ter uma educação pública qualificada também na sua estrutura física”, comentou.