Fale Conosco

62 3220-9500

Tags:, , , , , ,

Governador inaugura novo colégio estadual da Polícia Militar em Anápolis

educacao
20 de setembro de 2021

Unidade escolar atenderá cerca de 1.000 alunos, dos ensinos Fundamental II e Médio, oriundos de bairros da região leste da cidade. Ao todo, R$ 425 mil foram investidos pelo Governo de Goiás na implementação do novo CEPMG
 
O governador Ronaldo Caiado oficializou, na manhã desta segunda-feira (20/9), a implantação do novo Colégio Estadual da Polícia Militar de Goiás (CEPMG) Senador Onofre Quinan, no bairro de Lourdes, em Anápolis. A unidade escolar é o quarto colégio estadual militar do município e atenderá jovens e adultos da região leste da cidade.

“Hoje é o resultado de um sonho antigo de toda a comunidade da região leste de Anápolis: a instalação do CEPMG Senador Onofre Quinan. A comunidade há muito esperava por esse momento”, conta o comandante do novo CEPMG, Major Cremildo da Silva Santos.

De acordo com o gestor, a militarização da unidade escolar era aguardada desde 2018, quando foi promulgada a lei estadual que previa a transição do então colégio estadual Senador Onofre Quinan para CEPMG. No entanto, foi após o início da atual gestão estadual que o processo de militarização da escola foi iniciado, criando condições para que as equipes pedagógicas e disciplinares atuassem no local.

Ao todo, foram investidos R$425.865, 92 na unidade escolar nos últimos três anos, incluindo R$ 65 mil do programa Reformar Goiás. Com a ampliação e melhorias na infraestrutura, o novo colégio militar tem capacidade para atender mil alunos, em turmas do Ensino Fundamental – Anos Finais (5º ao 9º ano) e Ensino Médio (1ª a 3ª série).

“O Governo do Estado repassou recursos para a escola e, agora, ela está no padrão máximo de qualidade. Não temos nenhuma obra a fazer. É só seguir, administrar e abraçar, junto com professores e comunidade, essa ideia e caminharmos juntos”, ressalta o Major Cremildo da Silva Santos.

Qualidade do ensino
“Essa iniciativa é fruto de uma parceria. Uma parceria governamental, mas, especificamente, da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) com a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP)”, afirmou o secretário de segurança pública do Estado de Goiás, Rodnei Miranda. Para a ele, a atuação conjunta da SSP, que atua na gestão e no apoio disciplinar aos colégios militares, com a Seduc, responsável pela parte pedagógica, tem sido o segredo do sucesso desse modelo de ensino.  

“A segurança pública não atua nos colégios militares na parte pedagógica. Essa parte é toda, como deve ser, capitaneada pela Secretaria de Educação. Nós ajudamos na gestão e na disciplina. E é essa parceria que tem trazido resultados excepcionais para a Educação no Estado de Goiás”, disse o secretário.

No mesmo tom, o governador Ronaldo Caiado exaltou a qualidade dos colégios militares no âmbito educacional, baseando-se nas notas obtidas por essas unidades nas últimas avaliações do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

“Vocês sabem que os 10 primeiros colégios do Estado de Goiás e que têm as melhores notas no Ideb são militares”, relembrou o governador. Para ele, a ideia agora é criar condições nas demais escolas da rede estadual de Educação para que, assim como as militares, elas ocupem posição de destaque nas avaliações nacionais.

“Não é difícil. Se nós dermos as condições, bons educadores e, ao mesmo tempo, motivação para as nossas crianças, Goiás vai dar a volta por cima não com índice de 4,83, mas com um de 7,5.  Para isso, nós estamos investindo para valer”, ressaltou Caiado.

Na oportunidade, o governador elencou a série de investimentos feitos na Educação estadual desde o início de sua gestão. Ao todo, foram R$ 1,7 bilhão destinados a aquisição de uniformes, tênis, mochilas e materiais escolares para todos os 530 mil estudantes da rede estadual de Educação, além da distribuição de itens da alimentação escolar durante a pandemia e da reforma de 1.049 escolas.
“É por isso que eu estou aqui hoje: para dizer a vocês, jovens, que acreditem mesmo na oportunidade que vocês estão tendo de terem um Ensino Fundamental e um Ensino Médio de qualidade e de terem um alicerce para o seu futuro. É isso que nós estamos buscando cada vez mais”, concluiu Caiado.  

Segurança
Além da qualidade do ensino, um dos aspectos mais aguardados pela comunidade escolar em relação à implantação do novo CEPMG diz respeito à segurança. Lotada no então Colégio Estadual Senador Onofre Quinan desde 2003, a secretária-geral Carmem Silva Peixoto de Aquino conta que a criminalidade no bairro foi um dos fatores responsáveis pelo fim da oferta do ensino noturno no local. “Tinha muito ‘assaltozinho’”, relembra.  
Com a militarização da unidade, no entanto, a profissional da Educação afirma se sentir muito mais tranquila em relação à segurança da unidade escolar e ao deslocamento no próprio bairro. “A comunidade fica muito feliz porque acabou a criminalidade, os assaltos aqui perto. E a comunidade realmente precisa. Esse é um bairro bastante antigo, eles se sentiram muito valorizados por esta ação”, afirma Carmem Aquino.

“Na verdade, nós passamos a ser referência na própria região porque, quando você instala uma unidade de colégio militar, até os valores dos bens imóveis aumentam”, conta o comandante da unidade, Major Cremilson. “Inclusive, acrescenta também na sensação de segurança, porque é viatura chegando e saindo, e a qualidade do ensino, a disciplina na escola. Essa é a possibilidade de um mundo melhor para nossos jovens e para as nossas crianças”.

Tecnologia educacional e produção de energia
Além da inauguração da nova unidade escolar, a cerimônia marcou a entrega de 148 computadores do tipo chromebooks aos estudantes da 3ª serie do Ensino Médio. O equipamento visa contribuir na preparação dos jovens para as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

“Vai ser de muita ajuda! Para a gente que é de classe média baixa e já não tem condições de ter tantas coisas, esse Chromebook vai ser uma ajuda enorme”, conta Eliane do Nascimento Tomé, mãe da estudante Salete Cristine que cursa o Ensino Médio na unidade.

Ainda no âmbito tecnológico, o CEPMG Senador Onofre Quinan é pioneiro ao ser a primeira unidade da rede estadual de Educação a contar com a produção de energia por meio do uso de placas fotovoltaicas.
“Nessa escola que nós estamos, nós investimos R$ 425 mil. É a primeira escola da rede pública de Goiás com placas fotovoltaicas por meio das quais todo o gasto de energia elétrica é 100% abatida pela produção própria”, comemorou o governador, exaltando a novidade.

Para o estudante Gabriel Fernandes, matriculado na unidade desde o início do Ensino Fundamental e que cursa o último ano do Ensino Médio, tanto a nova escola quanto o anúncio dos benefícios são motivo de comemoração.
“A gente está muito feliz com essa mudança porque é algo que nós já estávamos esperando e que, querendo ou não, vai ser muito positivo para o colégio.  A disciplina aumenta e tudo vai ser melhorado a um nível muito bom, tanto no Ideb quanto no dia a dia mesmo, em outros quesitos”, concluiu Gabriel.

Presenças
Participaram da solenidade os secretários de Estado de Segurança Pública e de Comunicação, Rodnei Miranda e Tony Carlo; o presidente da Goinfra, Pedro Sales; o comandante geral da Polícia Militar de Goiás, Coronel Renato Brum; o comandante da Base Aérea da Anápolis, Coronel Pestanha; o presidente da Assembleia Legislativa de Goiás, deputado estadual Lissauer Vieira; o prefeito de Anápolis, Roberto Naves;  o vice-prefeito de Anápolis, Márcio Cândido; o reitor da Universidade Estadual de Goiás, Antônio Cruvinel; os deputados federais Glaustin da Fokus e Delegado Waldir; o deputado estadual Coronel Adailton; vereadores, membros da comunidade escolar e alunos.