Fale Conosco

62 32014050

Tags:

Parceria entre secretaria e Emater é discutida em encontro

educacao
24 de fevereiro de 2017

Projeto visa disponibilizar espaços da Emater para educação ambiental de alunos das redes de ensino estadual, municipais e particular

 

 A Secretaria de Educação, Cultura e Esporte de Goiás (Seduce) e a Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater) realizaram nessa sexta-feira, 22/02, reunião para discutir detalhes de uma parceria entre os dois órgãos. O encontro aconteceu no Centro de Inovação Rural da Emater Goiás, no Campus Samambaia da Universidade Federal de Goiás (UFG) e serviu para apresentar a proposta e discutir os detalhes da execução prática da parceria. A secretária de Educação, Cultura e Esporte de Goiás, Raquel Teixeira, foi representada pelo superintendente Executivo de Educação da Seduce, Marcos das Neves.

Com o nome provisório de Educação para Inovação, o projeto visa transmitir conhecimento, divulgar e despertar ações de preservação e conservação do meio ambiente e tem como alvo estudantes das redes estadual, municipais e particular, com idade entre 6 e 10 anos. O superintendente Executivo de Educação, Marcos das Neves, sugeriu que inicialmente o projeto trabalhe alunos do 6º ano do Ensino Fundamental das escolas de tempo integral que desenvolvem projetos alternativos e têm como proposta a formação integral do ser.

A realização da parceria tem foco em projetos nas áreas de horta escolar, oficinas de soja e reaproveitamento de alimentos. A Emater disponibilizará sua estrutura, quinzenalmente, para aulas didáticas expositivas de cerca de 90 minutos, nas quais cada setor da agência estadual será apresentado por um pesquisador da instituição que fará, também, a monitoria dos alunos.  Dentre os espaços disponibilizados no Campo Experimental da Emater estão a horta, viveiro de mudas de espécies nativas, horta medicinal, orquidário, além de uma coleção de bromélias e mais de 1.500 pés de pequi com diferentes características.

Durante o encontro, ficou estabelecido que será traçado um calendário de visitas anual, definindo inicialmente as 10 primeiras escolas da rede estadual de Goiânia que irão participar do projeto. Um grupo de trabalho da Emater é responsável pela elaboração do projeto, que será apresentado à Seduce na primeira quinzena de março e tem como data de início dia 15/03. Esse grupo também definirá o plano de trabalho. Caberá à Seduce definir o calendário de visitas, determinar as 10 primeiras escolas participantes de Goiânia e oferecer transporte para os alunos participantes.

O presidente da Emater, Pedro Arraes, destacou que a Emater tem muito de educação e que a proposta de parceria nasceu de um programa chamado Emater Escola. Disse que a ideia é mostrar um pouco da inovação contida nas ações e experiências desenvolvidas pela empresa e que a Emater trabalha com dois pilares, que é a pesquisa e a extensão rural. “É uma iniciativa simples que pode catalisar uma parceria maior mais para frente” afirmou Arraes.

Dentre as possibilidades para a ampliação do projeto está a sugestão da equipe de técnicos da Merenda Escolar da Seduce de promover a capacitação de profissionais da merenda por meio das oficinas de reaproveitamento dos alimentos. Outra possibilidade de ampliação é a disponibilização das visitas para alunos de ensino médio interessados.

Pela Seduce, além de Marcos das Neves, estavam presentes a superintendente de Ensino Médio, Regina Efigênia; a gerente de Merenda Escolar, Fátima Vauldimar; a coordenadora da agricultura familiar, Sandra Regina Ferreira; a assessora da Merenda Escolar, Maria da Glória Meirelles e a coordenadora do Plano Plurianual, Maria Luiza Magalhães.  Pela Emater, além do presidente Pedro Arraes, estavam a diretora de Pesquisa Agropecuária, Maria José del Peloso; o diretor de Assistência Técnica e Extensão Rural, Antelmo Teixeira Alves e o gerente da estação experimental Nativas do Cerrado, Marcos Alves.

 

Goiânia, 24 de fevereiro de 2017.

Comunicação Setorial da Seduce