Seduc Goiás recebe inscrições para curso gratuito de Paisagismo

educacao
9 de julho de 2019

Aulas serão ministradas por instrutor do Senar a partir desta quarta-feira, 10/7

Em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) de Goiás, a Secretaria Estadual de Educação (Seduc) promove, a partir desta quarta-feira (10/7), um Curso Básico de Paisagismo.

As aulas prosseguirão até a próxima sexta-feira (12/7) na nova sede da Seduc, no prédio do antigo Instituto de Educação de Goiás (IEG), no Setor Leste Vila Nova. O curso é gratuito e será realizado das 8 às 17 horas, com intervalo para almoço. O instrutor será o professor Joaquim Alves da Costa Júnior, do Senar/Goiás.

Poderão participar todos os servidores da Seduc, tanto os que estão lotados nas escolas quanto aqueles que atuam nas Coordenações Regionais de Educação ou na Centralizada. Ao final do curso, o aluno que obtiver mais de 80% de presença contará com certificação.

Os interessados poderão se inscrever pessoalmente na Gerência da Merenda Escolar (nova sede da Seduc) ou ainda pelos telefones (62) 98201.4598 (Fátima), 99112.6880 (Sandra), 99358.9678 (Natália) ou pelo (64) 99217.0145 (Fabiana).

Conteúdos

Fátima Vauldimar, gerente da Merenda Escolar da Seduc Goiás, explica que a proposta do curso é ensinar aos servidores detalhes sobre as principais técnicas do paisagismo, além das muitas alternativas de materiais que podem ser utilizados para o embelezamento dos jardins, como pneus, telhas e restos de madeiras.

Durante o curso, os alunos poderão aprender sobre temas como ornamentação, adubação do solo, uso de diferentes substratos, diversas técnicas de produção de mudas e de propagação das espécies e ainda manejo e controle de pragas.

“Verde é vida e a presença das plantas garante ao ambiente um clima mais gostoso, harmônico e aconchegante. A ideia desse curso é essa: transformar a nova sede da Seduc em um espaço esteticamente mais bonito e agradável, gerando bem-estar para todos os servidores. Essa é uma das determinações da secretária Fátima Gavioli, que quer que todos trabalhem em um local que se mostre acolhedor e ao mesmo tempo ofereça qualidade de vida”, explica Fátima Vauldimar.