Fale Conosco

62 32016727

Tags:, , , , ,

Formação de professores: Material de apoio para professores durante regime especial de aulas

educacao
30 de março de 2020

Em tempos de distanciamento social, foram desenvolvidos tutoriais para auxiliar os professores na transposição das aulas presenciais para o espaço digital

Desde que as medidas de segurança na disseminação e prevenção do COVID-19 foram instituídas, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) tem buscado ferramentas de apoio para auxiliar os professores da rede na transposição das aulas presenciais para a forma online.  Por meio do Centro de Estudos, Pesquisa e Formação dos Profissionais de Educação (CEPFOR) foram criados tutoriais com a indicação de práticas e conceitos introdutórios para que os professores possam aplicar aulas com a mediação das Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (TDICs) disponíveis.

Para a superintendente Rita de Cássia, “o papel nesse momento é ajudar os professores a manterem o engajamento, que é favorecido pelo “olho no olho” das aulas presenciais nos momentos on-line”.

Nessa perspectiva, o CEPFOR está investindo na elaboração de materiais de apoio e, diariamente, vem lançando pelas redes sociais sugestões de uso das TDICs que os professores podem disponibilizar para os estudantes. Os tutoriais podem ser acessados clicando aqui. O material é detalhado e explica de forma didática como os professores podem utilizar os recursos disponíveis.

Dentre os tutoriais disponíveis estão os de como os professores podem criar um grupo privado no Facebook; tutorial para Podcast, Classroom e formulários. Além disso, outros dois tutoriais sobre como os professores podem acessar as salas virtuais do Banco Interativo de Aprendizagem (BIA) e  como organizar o trabalho na realidade das aulas não presenciais serão disponibilizados.

Grupo de professores

Outra iniciativa foi a criação de um grupo de professores, por meio do aplicativo Telegram, que já conta com a adesão de mais de 700 professores em todo o estado. Nesse grupo, eles têm a oportunidade de trocar ideias com os seus pares e produzir propostas colaborativas de aprendizagem. “Nós queremos a adesão de todos os professores envolvidos nessa ação”, diz a superintendente Rita de Cássia, do CEPFOR.

Segundo ela, “essas ações fortalecem o nosso trabalho e, por conseguinte, o do professor, que está lá na ponta. De qualquer forma, estamos todos aprendendo a lidar com a situação em que vivemos. Com certeza, será um grande aprendizado para todos nós!”, conclui a superintendente.