Fale Conosco

62 32016727

Tags:, , , ,

Governo de Goiás lança programa para reforçar ensino de Matemática e Língua Portuguesa

educacao
6 de fevereiro de 2020

Com o início programado para março, projeto prevê aulas extras das disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática para alunos do 6º ano em defasagem escolar

Dados do Censo Escolar 2018 apontam que o 6º ano do Ensino Fundamental apresenta uma taxa de aprovação de 84,5%, a menor entre os anos finais da educação básica. Buscando auxiliar o estudante dessa etapa, o Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), lançou o Projeto Tempo para Aprender.

Voltado para alunos do 6º ano do Ensino Fundamental, o novo projeto prevê a realização de aulas extras com a retomada do conteúdo das disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática.  O objetivo é auxiliar o aprendizado dos alunos com maior dificuldade, levando a uma redução nos índices de reprovação e evasão escolar.

Neste primeiro momento, a iniciativa será posta em vigor em quatro regionais da rede estadual: Goiânia, Aparecida de Goiânia, Inhumas e Trindade. Em cada uma delas os participantes serão selecionados a partir de uma avaliação diagnóstica aplicada previamente.

A escolha dos estudantes participantes do projeto se dará por meio de uma avaliação diagnóstica que identificará aqueles que não se apropriaram das aprendizagens essenciais dos componentes curriculares de Língua Portuguesa e Matemática nos anos iniciais.

Ainda que a iniciativa busque beneficiar os estudantes em defasagem escolar, a Gerente de Ensino Fundamental Anos Finais da Seduc, Márcia Faleiro, reforça que a participação do aluno dependerá da aprovação dos pais, que serão informados da necessidade do reforço pela unidade escolar. Em caso de inviabilidade na participação, outro estudante será indicado para ocupar a vaga nas aulas.

Bolsistas

Para a realização do Projeto Tempo para Aprender serão selecionados, em parceria com a Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), bolsistas dos cursos de licenciatura em Letras, Pedagogia e Matemática. Esses bolsistas serão responsáveis por ministrar, em horário posterior ao término do turno normal, aulas extras das disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática.

Para ingressar no projeto, os estudantes de licenciatura devem se inscrever no site da OVG, indicar a regional na qual desejam atuar e a escola onde vai acompanhar as turmas. Os selecionados participarão de uma formação na Seduc, onde receberão orientações sobre os conteúdos e o material a ser utilizado em sala de aula. A proposta é que dois bolsistas sejam responsáveis por turmas de 5 alunos.

A principal expectativa, para a gerente do Ensino Fundamental Anos Finais e uma das idealizadoras do projeto, é que a longo prazo o Projeto Tempo para Aprender represente “um avanço no ensino-aprendizagem”.

(Comunicação Setorial da Secretaria do Estado da Educação)