Fale Conosco

62 32016727

Tags:

Governador assina ordem de serviço para execução de obras na unidade educacional

educacao
9 de novembro de 2019

Agenda externa de Ronaldo Caiado e Fátima Gavioli foi realizada no Centro de Educação de Jovens e Adultos (Ceja) Arco-Íris, em Goiânia

Neste sábado (9/11), o governador Ronaldo Caiado e a secretária Fátima Gavioli fizeram uma visita ao Centro de Educação de Jovens e Adultos (Ceja) Arco-Íris, no Bairro Chácara do Governador, em Goiânia.
A agenda externa fez parte de mais uma edição do projeto Seduc Itinerante, uma iniciativa que busca descentralizar a gestão e aproximar a Secretaria Estadual da Educação de alunos, pais de alunos, professores, gestores educacionais e da comunidade como um todo.


Essa foi a primeira vez que o governador Ronaldo Caiado participou da Seduc Itinerante e, na oportunidade, ele conheceu as instalações da escola e assinou ordem de serviço para reforma e ampliação da instituição de ensino. As obras, no valor de R$ 711.985,34, incluem implantação de cozinha com refeitório, novos banheiros, pintura, reforma da quadra esportiva e das instalações elétricas, acessibilidade e substituição do piso vermelho das salas de aula por granitina.


Até o final deste ano, segundo a secretária Fátima Gavioli, outras 59 obras semelhantes serão entregues em todo o Estado. Ela disse ainda que a Seduc Goiás fechará o ano de 2019 com uma economia de R$ 80 milhões, fruto de diversas iniciativas adotadas ao longo do ano, como revisão e cancelamentos de contratos de aluguel e serviços e redução no consumo do combustível, de energia elétrica e água.


Compromisso
Fátima Gavioli adiantou que, em 2020, serão levados tantos benefícios para as escolas que isso ficará marcado para sempre na história da educação de Goiás. “E isso só será possível porque nós temos realmente um governador comprometido com a educação. Um gestor público que trabalha para que toda a economia feita na educação retorne posteriormente como investimento na educação”.


Após a assinatura da ordem de serviço, o governador Ronaldo Caiado frisou a sua preocupação em garantir para Goiás um “desenvolvimento com responsabilidade”. Ele destacou também que foi a economia feita pela secretária Fátima Gavioli que permitiu que as unidades educacionais pudessem receber recursos para reformas e ampliação, entre outras melhorias. “Como governador, é muito bom ver que, apesar das dificuldades financeiras que o Estado enfrenta, ainda é possível encontrar alternativas para atender as demandas e necessidades das nossas escolas”.


Caiado elogiou mais uma vez a gestão da secretária Fátima Gavioli e lembrou que somente uma boa educação é capaz de garantir aos alunos da rede pública estadual, o acesso ao Ensino Superior e ao mercado de trabalho e, por isso mesmo, os investimentos na área são tão essenciais.


Dia histórico
Emocionada pelas conquistas que há anos a comunidade educacional espera, a diretora do Ceja Arco-Íris, Orita de Souza Medrado, salientou que sua escola estava vivenciando um dia histórico. “Primeiro pelas presenças do governador e da secretária, pois nunca recebemos essas visitas aqui. E depois porque esta obra é uma reivindicação muito antiga, pois há mais de 20 anos esta unidade de ensino não passa por uma reforma”.


Orita Medrado também elogiou o governador Ronaldo Caiado pela escolha da secretária de Educação. “Tenho certeza de que Rondônia perdeu muito com a saída dela de lá, mas felizmente Goiás ganhou muito com a chegada da professora Fátima, uma pessoa gentil, educada e sempre pronta a nos ajudar”.


Após a visita do governador, Fátima Gavioli permaneceu no Ceja Arco-Íris para dar atendimento às demandas da comunidade. A secretária disse que pretende visitar o máximo possível de escolas durante sua gestão porque somente assim é possível conhecer verdadeiramente a realidade da rede pública estadual.


Dalva Ferreira Cabral Pimenta, diretora do Colégio Estadual Cora Coralina, na Vila Redenção, em Goiânia, saiu satisfeita do encontro com a secretária de educação. A solicitação da gestora foi a cobertura da quadra esportiva e a implantação de um espaço na escola para receber os pais de alunos. “Ela me disse que há uma boa perspectiva de atender o meu pedido em breve. Foi muito bom e eu fiquei feliz pela atenção e cordialidade da professora Fátima e de sua equipe”.


O professor Edmilson Nogueira, gestor do Centro de Ensino em Período Integral (Cepi) Parque Santa Cruz, que também passou pelo atendimento, foi outro que recebeu uma boa notícia. Ele solicitou recursos para a construção de banheiros para os professores e foi atendido. Segundo ele, a unidade educacional receberá R$ 30 mil para a execução da obra.


Escola na comunidade
A visita da secretária e do governador ao Ceja Arco-Íris marcou o encerramento do projeto ‘Escola Comunidade’, que está em sua terceira edição. A ação pedagógica foi realizada entre os dias 4 e 9 de novembro e teve como lema com o lema “Quem Estuda Planta, Quem Planta Colhe”.
A programação do último dia contou com diversas atividades, como exposição de trabalhos artísticos, lançamentos de livros, atendimentos nas áreas de saúde e de higiene e beleza e certificação dos alunos destaques de 2019.


Reivindicação
A ordem de serviço para a reforma e ampliação do Ceja Arco-Íris foi recebida com muita alegria por alunos e professores. Orita Medrado afirmou que a reivindicação foi feita à secretária de Educação no mês de abril durante uma visita de Fátima Gavioli à unidade.


À época, a secretária elogiou alunos e professores pela organização e cuidado com o espaço escolar. “Estou encantada com que encontrei aqui. Um ambiente bonito, limpo, acolhedor e com um clima tão gostoso. Vocês todos estão de parabéns porque não é toda escola que encontro assim”.
“Trabalhamos com um público bem diversificado, de periferia mesmo. Muitos são menores reeducandos. Então é fundamental fazermos o possível para elevar a autoestima deles, mostrar que a escola se preocupa com eles e que aqui eles são acolhidos e importantes”, justificou a diretora.


Medalha do MEC
O Ceja Arco-Íris tem cerca de 580 alunos matriculados nos três turnos e atende turmas do Ensino Fundamental II, do Ensino Médio e da Educação de Jovens e Adultos (EJA). A unidade educacional desenvolve diversos projetos pedagógicos, sendo que um deles foi reconhecido nacionalmente em 2017.


Trata-se do projeto ‘Eu, Cidadão do Mundo’, que continua sendo realizado e mobiliza toda a escola. O projeto foi idealizado pelas professoras Maria José do Nascimento e Sandra Cristina Toríbio de Sena. Maria José, hoje coordenadora pedagógica do Ceja, explica que ‘Eu, Cidadão do Mundo’ reúne relatos de vida dos estudantes que, ao final, compõem uma coletânea em livro.