Fale Conosco

62 32016727

Tags:,

Estudantes de Atitude: Colégio constrói praça, horta e quadra com o apoio da comunidade

educacao
29 de novembro de 2019

Colégio Estadual de Aparecida de Goiânia conseguiu mobilizar vizinhos, comerciantes e pais de alunos, que doaram material de construção e mão de obra

Mais um desafio do projeto ‘Estudantes de Atitude’ cumprido! O Colégio Estadual Presidente Artur Costa e Silva, de Aparecida de Goiânia, construiu no antigo pátio da escola uma Praça de Estudantes, uma Horta Escolar e uma Quadra Esportiva de Areia. Tudo isso contando com doações de material e de mão de obra de vizinhos, comerciantes, funcionários e pais de alunos.

“As obras foram realizadas no período entre 30 e 45 dias. Unimos forças, fizemos um mutirão, foi tudo muito rápido”, conta a diretora da escola Maria Auzenira Machado. A gestora explica que a escola se mobilizou e foi buscar suporte da comunidade.

A Prefeitura de Aparecida de Goiânia, por exemplo, contribuiu com pneus para a horta e areia para a quadra. Outro empresário, dono de uma pedreira na região, doou o piso de pedra. Semelhantemente, um proprietário cedeu um de seus caminhões para limpar o pátio da escola. E toda comunidade escolar, os estudantes os professores e os servidores, trabalharam arduamente na execução do projeto, como relatou a diretora.

A melhoria do ambiente escolar foi apontada como prioridade pelos alunos na Auditoria Cívica feita por eles, dentro do programa Estudantes de Atitude, e entregue em outubro deste ano. A auditoria é uma espécie de diagnóstico da unidade escolar que serve como ponto de partida para um plano de ação.

Quadra Esportiva de Areia
Horta Escolar
Praça dos Estudantes
Praça dos Estudantes
Como o pátio era antes do projeto

O projeto

Lançado em setembro deste ano pelo Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) e a Controladoria-Geral do Estado (CGE), o Estudantes de Atitude’ pretende promover na comunidade escolar o protagonismo cidadão, o sentimento de pertencimento à escola e o compromisso com a manutenção do patrimônio público.

Constituído de duas partes, a Auditoria Cívica e a realização do Plano de Ação, além de outros desafios inclusos como a coleta de óleo e o game Cidadania, o projeto irá premiar, ao final, as dez escolas melhores classificadas. Os prêmios serão em dinheiro, em valores que variam entre R$ 5 mil e R$ 30 mil, de acordo com a posição alcançada.