Fale Conosco

62 32016727

Tags:, , , , ,

Colégio Estadual de Aparecida de Goiânia já supera meta da Tarefa Especial do projeto Estudantes de Atitude

educacao
11 de outubro de 2019

Tarefa Especial deve contribuir para a campanha ‘Olho no Óleo’, uma iniciativa da Saneago que recolhe óleo de cozinha usado para fabricação de biodiesel

O Colégio Estadual Presidente Artur da Costa e Silva, em Aparecida de Goiânia, sediou nesta quarta-feira (09/10), o lançamento da Tarefa Especial do projeto ‘Estudantes de Atitude’. O cumprimento desta tarefa está relacionado ao projeto ‘Olho no Óleo’, da Saneago, que visa recolher óleo de cozinha residual de residências e restaurantes para que seja transformado em biodiesel.

Durante a solenidade, a escola fez uma segunda entrega de dezenas de litros de óleo usado coletados pelos estudantes, professores e servidores nas imediações da unidade escolar, que fica no Bairro Santa Luzia. Isso porque, logo após o lançamento do projeto, realizado no início do mês de setembro, essa Tarefa Especial, antes mesmo de chegada a hora de ser cumprida, já havia mobilizado toda a escola, que arrecadou e repassou para a Saneago 125 litros de óleo inservíveis nas cozinhas.

No lançamento da Tarefa Especial, a meta da escola de reunir 100 litros de óleo, já havia sido superada pelo colégio. A solenidade, realizada na quadra da escola, contou com representantes da Secretaria de Estado da Educação de Goiás (Seduc), da Controladoria Geral  do Estado (CGE) e da Saneago, parceiros no projeto ‘Estudantes de Atitude’.

Outros parceiros são a Controladoria Geral da União (CGU) e a Organização das Voluntárias de Goiás (OVG). Edmilson Pereira de Araújo, corregedor setorial da Seduc, representou a secretária da Educação de Goiás, Fátima Gavioli. Henrique Ziller, secretário-chefe da CGE, representou o governador de Goiás, Ronaldo Caiado.

Grandioso e importante

O Colégio Estadual Presidente Artur da Costa e Silva atende 800 alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental, de manhã e à tarde, e da Educação de Jovens e Adultos (EJA) no turno noturno. Desde o início do projeto ‘Estudantes de Atitude’, muita coisa está mudando na escola, segundo a diretora Auzenira Machado.

Para Grasiela Mariano, professora de Arte e coordenadora do projeto, a mobilização em torno do desenvolvimento do projeto tem mostrado que todos podem fazer alguma coisa para melhorar o ambiente em que vivem, na sua escola e na sua cidade.

“Mesmo em ano de provas e de avaliações, com a mobilização para a implementação e o cumprimento das atividades e das tarefas do projeto, a escola está se reinventando, e aos olhos dos alunos, está fazendo um trabalho grandioso e importante, vamos ficar conhecidos em todo o território nacional, afirmou a coordenadora.

Segundo Grasiela, com o projeto, estão revitalizando a área de fundo da escola onde pretendem criar uma horta comunitária, ampliar o espaço esportivo e fazer uma praça de convivência.     

Durante o evento, duas alunas falaram em nome dos colegas. Jessyca Mendes Ferreira destacou que o projeto está ajudando a melhorar a convivência dos alunos, uns com os outros. Maria Luiza Alves de Araújo agradeceu aos colegas. “Sem a gente, o projeto não existiria! É muito importante, não só para nossa escola, mas para todo mundo”, afirmou a estudante.

Lembrando o Dia do Professor, celebrado no próximo dia 15 de outubro, Michelle Ribeiro, da Saneago, coordenadora da campanha ‘Olho no Óleo’, contemplada na Tarefa Especial lançada na escola. “Sem professores não há estudantes de atitude, sem um professor engajado, competente, dedicado, não há aluno de atitude”, afirmou.

Da Seduc, também participaram a superintendente do Centro de Estudos, Pesquisa e Formação dos Profissionais de Educação, Rita de Cássia Ferreira; o ouvidor setorial, Joaquim da Trindade Filho; e a coordenadora Regional de Educação de Aparecida de Goiânia, Núbia Gomes de Brito Farias.  

Tarefa de todos

O prazo das escolas participantes do ‘Estudantes de Atitude’ para a conversão do óleo recolhido em pontos para o projeto vai até dia 20 de novembro. No entanto, o recolhimento do resíduo para a campanha “Olho no Óleo”, da Saneago, funciona de forma ininterrupta.

Consumidores residenciais podem levar o óleo em garrafa tipo PET, com tampa rosqueável, a um posto de coleta da Saneago. Já os grandes geradores, como as escolas e restaurantes, devem efetuar um cadastro por meio do telefone 0800 645 0115 para que viaturas da empresa realizem o recolhimento do produto.

O projeto ‘Estudantes de Atitude’ foi implantado com o intuito de despertar, nos alunos e na comunidade escolar, uma postura de protagonismo dentro da escola, o compromisso com a manutenção do patrimônio público e o exercício da cidadania por meio de jogos, gincanas e outras atividades