Fale Conosco

62 32014050

Tags:

Alunos do Cepi Antônio Raimundo Frota apresentam projetos e ações desenvolvidas no segundo semestre

educacao
1 de dezembro de 2019

Ações foram apresentadas a secretária de educação em mais uma edição da Seduc Itinerante

O programa Seduc Itinerante deste sábado (30/11) reuniu professores, diretores e a comunidade do bairro Cidade Jardim no Centro de Ensino em Período Integral (CEPI) Dr. Antônio Raimundo Gomes da Frota. Cerca de 200 alunos da instituição se mobilizaram para recepcionar o público.

Durante a abertura do evento, a secretária de educação do Estado de Goiás, Fátima Gavioli, ressaltou que ações de transparência e combate à corrupção geraram uma economia de R$ 82 milhões para a pasta. Outro destaque foi a liberação da verba emergencial para unidades escolares de Goiânia. “Em um mês, conseguimos atender 15 escolas”,  agradeceu a coordenadora regional de educação de Goiânia, Enicléia Morais.

O diretor da unidade escolar, Werciley Gonçalves da Silva, afirmou que essa proximidade entre o governo e a população, proporcionada pela Seduc Itinerante, mostrou que a comunidade está cada vez mais próxima da escola e é uma marca dessa atual gestão.

Os atendimentos foram todos voltados às necessidades de algumas unidades escolares. Entre as ações apresentadas está a parceria com a ONG EcomAmor, que atua fazendo implantação de hortas escolares em espaços urbanos. Outro ponto foi a apresentação cultural que os alunos fizeram para abrir a reunião.

PROJETOS

O Seduc Itinerante também foi palco para apresentação das produções do Cepi Frota. As salas foram ocupadas pelos projetos realizados pelos alunos e professores da instituição no decorrer do ano letivo. Com o nome ‘Lego 9 3/4’, em referência à famosa plataforma da franquia Harry Potter, os estudantes da disciplina de Robótica apresentaram protótipos desenvolvidos na unidade escolar. Orientados pelo professor Carlos Eduardo, eles foram medalhistas na Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR).

Entre os projetos da instituição está o Horta na Escola, coordenado pela professora Leila e executado em parceria com a ONG EcomAmor. Os alunos plantam verduras, legumes e temperos para diversificar o cardápio da merenda escolar. O projeto visa incentivar uma cultura saudável e promover o contato do estudante com o meio ambiente.