Fale Conosco

62 3220-9500

Tags:, , , ,

Documento Curricular do Ensino Médio é apresentado em audiência pública do Conselho de Educação

educacao
13 de janeiro de 2021
Dccumento Curricular para Goiás - etapa ensino médio é apresentado em audiência pública do CEE

Currículo do novo Ensino Médio em Goiás foi elaborado pela Seduc em conjunto com a comunidade e segue para aprovação no Conselho

O Documento Curricular para Goiás – Etapa Ensino Médio (DC-GOEM) vem sendo elaborado, conforme a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), desde 2019 pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc). Nesta terça-feira (12/1), a versão quase finalizada do documento foi apresentada em audiência pública virtual do Conselho Estadual de Educação (CEE-GO). O objetivo foi garantir a participação e o conhecimento da comunidade geral antes da aprovação do currículo do novo Ensino Médio.

A superintendente de Ensino Médio da Seduc, Osvany Gundim, ressaltou o caráter democrático da construção do DC-GOEM: “Contamos com participações de diversos setores da sociedade, bem como de todo o sistema da educação”.

No final de 2019, a Seduc abriu Consulta Pública sobre a versão preliminar do documento e recebeu mais de 20 mil contribuições de professores, gestores, estudantes e demais profissionais da Educação.

Audiência pública virtual sobre o documento curricular para Goiás - etapa Ensino Médio
Apresentação do DC-GOEM na audiência pública virtual do CEE, nesta terça-feira (12/1)

Ensino Médio mais atrativo

Durante a audiência, o presidente do CEE, Flávio Roberto de Castro, defendeu que o novo currículo pode contribuir para a redução da evasão escolar. Segundo o presidente, uma grande causa da evasão é o desinteresse dos estudantes pelo Ensino Médio, que não o consideram atrativo e acabam ingressando no mercado de trabalho sem concluir a Educação Básica.

“A expectativa nossa é que tenhamos esse documento executado na prática. [Que seja] realmente um novo Ensino Médio, que a gente precisa, dando oportunidades e atraindo um número maior de alunos”, afirmou Flávio de Castro.

Carga horária do novo Ensino Médio

O novo currículo do Ensino Médio amplia a carga horária de 2.300 para 3.000 horas. Dessas, 1.800 são de formação geral básica, comum a todos os estudantes, e 1.200 são de Itinerários Formativos, a parte flexível do currículo. Esses itinerários incluem eletivas (disciplinas optativas), trilhas de aprofundamento e o Projeto de Vida (componente curricular focado no autoconhecimento e planejamento do futuro do estudante).

No DC-GOEM, há 17 propostas de trilhas de aprofundamento, que podem ser escolhidas pelos estudantes de acordo com seus interesses e afinidades. Essas trilhas podem ser ligadas a uma das áreas de conhecimento ou serem transversais, fruto de combinação entre duas ou mais áreas. O estudante também pode optar por trilhas de educação técnica profissionalizante.

Tabela de itinerários formativos do DC-GOEM

Contextualização X Centralidade do componente curricular

Outra novidade do DC-GOEM é que os componentes curriculares (antigas disciplinas) não são mais o centro do currículo. O foco agora é a contextualização e articulação entre todas as áreas de conhecimento (Linguagens e suas tecnologias, Matemática e suas tecnologias, Ciências da Natureza e suas tecnologias e Ciências Humanas e Sociais Aplicadas).

“Para isso é necessário que os professores tenham um trabalho conjugado, um trabalho que agregue no planejamento e também na execução de suas atividades, pensando em um currículo integrado”, explicou a coordenadora de currículo do Ensino Médio da Seduc, Telma Antônia Rodrigues Alves.

Foco na educação integral

Como apresentado pela coordenadora, o novo Ensino Médio tem como princípio uma educação integral, que engloba todos os aspectos do estudante: físico, emocional, social e intelectual. “É sempre bom dizer que quando se fala de educação integral, a gente não está falando de tempo na escola. É pensar o estudante de uma forma integral, como um conjunto. Favorecendo também o perfil do estudante do século 21, estimulando o protagonismo juvenil e fortalecendo também o projeto de vida”, explanou Telma.

Quando o novo Ensino Médio vai ser implantado em Goiás?

Segundo a superintendente de Ensino Médio da Seduc, o novo currículo agora segue para aprovação no CEE-GO e deve ser implantado nas escolas estaduais de Goiás em 2022. “Depois da aprovação, os professores precisam passar por formação. Então teremos todo esse ano para isso”, explicou Osvany.

Veja a audiência pública na íntegra no vídeo abaixo:

Leia o Documento Curricular para Goiás – Etapa Ensino Médio

Para ler o primeiro capítulo do DC_GOEM clique aqui; para ler o segundo, clique aqui.