Tags:, , ,

Cine Cultura divulga programação de fim de ano

cultura
17 de dezembro de 2018

A produção brasileira Tinta Bruta estreia esta semana na sala

 

O Cine Cultura traz ao público a programação de fim de ano. A sala estreou na última segunda-feira, dia 17, a produção brasileira Tinta Bruta, dos diretores Filipe Matzembacher e Márcio Reolon. Os longas-metragens A Misteriosa Morte de Peróla, de Guto Parente, e Uma Noite de 12 Anos, do diretor Álvaro Brechner, retornam a grade de exibição. As obras ficam em cartaz até o dia 20. No período de 21 a 25, o cinema estará fechado para dedetização do prédio e recesso de Natal. De 26 a 30, o Cine Cultura brinda os cinéfilos com uma programação especial e gratuita. Já nos dias 31 a primeiro de janeiro, a sala fará uma pausa nas atividades para o recesso de Ano Novo.

Com classificação etária para maiores de 18 anos, o filme Tinta Bruta traz no roteiro o drama do jovem Pedro, que vive um momento complicado de sua vida. Ele responde a um processo criminal ao mesmo tempo em que precisa lidar com a mudança da irmã, sua única amiga. Como forma de sobreviver, ele assume o codinome GarotoNeon e passa a se apresentar anonimamente na internet dançando nu na escuridão do seu quarto, coberto apenas por uma tinta fluorescente.

Em A Misteriosa Morte de Pérola, a personagem central é uma moça que se muda para uma pequena cidade na França para estudar em uma escola de arte. Longe de casa e do namorado, vivendo sozinha em um antigo e sombrio apartamento, a jovem vai sendo tomada pelo medo e pela nostalgia e começa a confundir o que é realidade e o que é fantasia. Quando a moça morre em condições misteriosas, seu namorado vai buscar pela alma de Pérola.

Já o longa Uma Noite de 12 Anos remete à ditadura militar no Uruguai. O longa mostra a saga de José Mujica (Antonio de la Torre), que viria a se tornar um dos mais admirados presidentes sul-americanos de todos os tempos, Mauricio Rosencof (Chino Darin) e Eleuterio Fernández Huidobro (Alfonso Tort), que são presos e juntos enfrentaram uma verdadeira jornada de sobrevivência. Confinados e torturados por mais de 12 anos, sobreviveram às condições mais adversas em nome de suas ideologias.

Especial de fim de ano

Serão cinco dias temáticos e dedicados a grandes obras do cinema, entre algumas mais conhecidas e outras mais obscuras. A programação traz também uma sessão surpresa por dia, com filmes que serão revelados ao público apenas antes da exibição. A entrada é gratuita.

Confira as sessões:

26/12 – Ladrões de Brinquedos

– 15h30 – Sessão Aliança Francesa – O Salário do Medo (Henri-Georges Clouzot, 1953, 148 min, livre)

– 18h15 – Sessão surpresa (12 anos)

– 20h00 – “Fogo Contra Fogo” (Michael Mann, 1995, 170 min, 14 anos)

 

27/12 – Carnes Doces

– 16h00 – “Dublê de Corpo” (Brian De Palma, 1984, 114 min, 16 anos)

– 18h30 – Sessão surpresa (18 anos)

– 21h00 – “Querelle” (Rainer Werner Fassbinder, 1982, 112 min, 18 anos)

 

28/12 – Cowboys de Drogaria

– 16h00 – “A Cor do Dinheiro” (Martin Scorsese, 1986, 120 min, 12 anos)

– 18h30 – “Barry Lyndon” (Stanley Kubrick, 1975, 185 min, livre)

– 22h00 – Sessão surpresa (14 anos)

 

29/12 – Domus Não é Whisky

– 15h00 – “Faça a Coisa Certa” (Spike Lee, 1989, 120 min, 14 anos)

– 17h20 – Sessão surpresa (16 anos)

– 19h30 – “O Grande Lebowski” (Irmãos Coen, 1998, 117 min, livre)

– 22h00 – “Apocalypse Now” (Francis Ford Coppola, 1979, 147 min, 16 anos)

 

30/12 – Robot Meu Amor

– 15h00 – “As Pontes de Madison” (Clint Eastwood, 1995, 134 min, 14 anos)

– 17h30 – Sessão surpresa (14 anos)

– 19h30 – “O Exterminador do Futuro” (James Cameron, 1984, 107 min, 14 anos)

– 21h30 – “RoboCop” (Paul Verhoeven, 1987, 102 min, 14 anos)

 

Confira a programação da sala:

17/12 a 20/12
– 16h30: A Misteriosa Morte de Pérola

– 18h15: Uma Noite de 12 Anos

– 20h30: Tinta Bruta

Ingressos: R$ 8 reais (inteira), R$ 4 (meia – apenas dinheiro)

21/12 a 25/12: fechado para dedetização do prédio e recesso de Natal

26/12 a 30/12: Programação especial de fim de ano. Entrada gratuita

31/12 e 01/01: recesso de Ano Novo