Fale Conosco

62 32016727

Tags:

Audiência pública quer saber a opinião de pais, alunos e profissionais da educação sobre a não retomada das aulas presenciais em Goiás

cidadania
26 de agosto de 2020

Reunião virtual será promovida pela Defensoria Pública do Estado de Goiás na próxima segunda-feira (31/08), às 14 horas

Na próxima segunda-feira (31/08), a Defensoria Pública do Estado de Goiás (DPE-GO) realizará uma audiência pública com o objetivo de promover um amplo debate e levantar informações quanto às repercussões da não retomada das aulas presenciais nas instituições de ensino públicas e particulares do Estado e os impactos dessa medida na vida das famílias e dos alunos que se encontram em situação de vulnerabilidade, considerando o atual contexto da pandemia da Covid-19.

A reunião será virtual e poderá ser acompanhada, ao vivo, pelo site e pelas redes sociais da Defensoria Pública. O debate também abrirá espaço para ouvir a opinião da sociedade civil, sendo que as pessoas interessadas em participar poderão se inscrever por meio dos links disponibilizados nas redes sociais da DPE-GO ou procurar pessoalmente a sede administrativa do órgão, na Alameda Coronel Joaquim de Bastos, nº 282, Quadra 217, Lote 14, Setor Marista. A confirmação da participação será encaminhada por e-mail até a próxima sexta-feira, 28/08.

Para ampliar o acesso ao debate, a DPE-GO também vai disponibilizar, no horário da audiência pública, um espaço na sede administrativa do órgão para que as pessoas possam participar. Mas para isso é necessário fazer uma solicitação prévia. O pedido deve ser formalizado até a sexta-feira, 31/08. Para mais informações, acesso o site Defensoria Pública do Estado .

Escuta social

A audiência pública foi pensada como uma forma de oportunizar a manifestação das famílias em situação de vulnerabilidade em todo o Estado, garantindo assim a representatividade social adequada na discussão do tema. Para direcionar e embasar a fala dos convidados, durante o debate, a Defensoria Pública elaborou uma enquete para saber a opinião de pais, alunos, professores e profissionais da educação.

O questionário pode ser respondido pelo site ou pelas redes sociais (Facebook e Instagram) do órgão. A escuta social também tem a finalidade de verificar o perfil dos participantes e coletar informações sobre o acesso à internet e às plataformas de educação online.

A audiência pública será realizada das 14 às 16 horas e poderá ser acompanhada, ao vivo, pelo Youtube ou Facebook. O link estará disponível no site da Defensoria Pública do Estado de Goiás .