Fale Conosco

62 3220-9500

Tags:, , , , ,

Alunos de todo o Estado retornam às salas de aula seguindo as orientações do Protocolo de Biossegurança

educacao
25 de janeiro de 2021

Retomada de atividades presenciais na rede estadual de educação será gradativa e levará em conta o estudo epidemiológico de cada município

A partir desta segunda-feira (25/01), 8% das 1.010 unidades escolares retomaram suas atividades presenciais. Nas demais escolas, professores e alunos já estão participando do Regime Especial de Aulas Não Presenciais (Reanp) desde a última quinta-feira, dia 21.

“Os estudantes que estão voltando são aqueles que não tiveram acesso à internet em 2020 e, nesse momento, precisam de um atendimento mais próximo”, esclarece a superintendente de Organização e Atendimento Educacional da Seduc Goiás, Patrícia Morais Coutinho.

Ela destaca que o retorno das aulas presenciais será gradativo e terá como base os resultados atualizados do estudo epidemiológico de cada município, que monitora os casos oficiais de Covid-19 registrados pelas Secretarias de Saúde. Esse levantamento será realizado pelas Coordenações Regionais de Educação (CREs) e pelas equipes escolares.

“A partir desses dados, pretendemos ir avançando no retorno presencial das unidades escolares”, explica a superintendente. De acordo com ela, as escolas já estão preparando um diagnóstico individual de cada aluno para avaliar o nível de conhecimentos e fazer as intervenções necessárias para que a aprendizagem não fique tão comprometida.

Atendimento individualizado

Patrícia Coutinho afirma ainda que as escolas em regime de aulas remotas contarão com um Plantão de Dúvidas, onde os professores farão atendimento individualizado do estudante. Já nas unidades escolares com aulas presenciais, todo o ambiente foi preparado seguindo as orientações do Protocolo de Biossegurança, validado pela Secretaria de Saúde do Estado de Goiás.

“Toda escola conta com termômetro para medição de temperatura, fizemos marcação de distanciamento por toda a unidade e distribuímos cartazes e banners com orientações para o dia a dia, com dicas sobre o uso correto da máscara, como agir em casos de sintoma da Covid e acesso aos bebedouros”, comenta Patrícia.

Com recursos do Programa Equipar e do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) Emergencial do governo federal, todas as escolas que retornaram com suas atividades presenciais também fizeram a aquisição de kits de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), como máscaras, e de Equipamentos de Proteção Coletiva (EPCs), que incluem os termômetros e produtos sanitizantes.